quinta-feira, 31 de julho de 2014

MENSAGEM AOS ANIVERSARIANTES DO MÊS DE JULHO - LETRA DA MÚSICA DO Pe. ZEZINHO









(Foto compartilhada do Google)
Tu me fizeste uma das tuas criaturas
Com ânsia de amar
Águia pequena que nasceu para as alturas
Com ânsia de voar
E eu percebi que as minhas penas já cresceram
E que eu preciso abrir as asas e tentar
Se eu não tentar não saberei como se voa
Não foi à-toa que eu nasci para voar.

Pequenas águias correm risco quando voam
Mas devem arriscar
Só que é preciso olhar os pais como eles voam
E aperfeiçoar
Haja mau tempo, haja correntes traiçoeiras
Se já tem asas seu destino é voar
Tem que sair e regressar ao mesmo ninho
E outro dia, outra vez recomeçar.

Tu me fizeste amar o risco das alturas

Com ânsia de chegar
E embora eu seja como as outras criaturas
Não sei me rebaixar
Não vou brincar de não ter sonhos se eu os tenho
Sou da montanha e na montanha eu vou ficar
Igual a meus pais vou construir também meu ninho
Mas não sou águia se lá em cima eu não morar.

Tenho uma prece que eu repito suplicante
Por mim, por meu irmão
Dá-me esta graça de viver a todo instante
A minha vocação
Eu quero amar um outro alguém do jeito certo
Não vou trair meus ideais pra ser feliz
Não vou descer nem jogar fora o meu projeto
Vou ser quem sou, e sendo assim, serei feliz.




MOSTRA SESC RN 2014 DE ARTE E CULTURA



















(Foto compartilhada do Site do SESC RN)

Uma vasta programação ocorrerá no mês de agosto de 2014, totalmente gratuita, onde serão revelados novos talentos potiguares. Houve o lançamento, ontem, dia 30, na sede da FECOMÉRCIO. É mais um incentivo do SESC RN no sentido de divulgar a diversidade cultural. 

Saiba mais sobre a programação através do site: http://www.sescrn.com.br/

quarta-feira, 30 de julho de 2014

REDAÇÃO: o calo de muita gente


(Foto compartilhada do Google)

Aproximam-se os concursos do ENEM, IFRN, da Marinha... Por que será que a redação ainda assusta muita gente? Porque falar é fácil, difícil é transpor as informações para o papel. E alguns alunos dizem que têm lido muito, no entanto, limitam-se a ler só o que é postado na internet, e de interesse deles. Na verdade, leem sem refletir.

Hoje, 8 (oito) alunos chegaram para mim e disseram: _ Professora, sugira temas de redação para nós fazermos para a senhora corrigir. Eu prontamente atendi. Vamos lá, vejamos alguns: 1) O que os jovens esperam do futuro? 2) Sustentabilidade; 3) Meio ambiente; 3) Segurança Internacional: invasão do espaço aéreo; 4) Crise existencial; 6) Crise familiar; 7) O destino do lixo; 8) Riscos nas redes sociais; 9) O desperdício de água no mundo. Eles cresceram os olhos, achando complicado. Foi quando para amenizar, falei: _ Então falem sobre o uso correto das redes sociais. Vocês saberão falar com mais facilidade, pois dominam bem o assunto. Que nada! Foi a pior sugestão que dei. Há um bloqueio na mente deles, dá um apagão.

Acredito que a maior dificuldade ocorre pelo fato de haver pouca leitura. Eu incentivo a lerem livros de qualidade, a interpretarem e a usarem o dicionário. Porém, querem ir pelo caminho mais fácil: leitura rápida de 5 minutos. Sendo assim, aprendem o quê? No mínimo vão repetir palavras e escrever gírias; nada disso é aceitável na forma padrão. E quando se trata de acentuação gráfica, coesão, coerência, concordância e regência, parece que estamos falando um palavrão para eles.

É necessário esforço para haver um milagre na produção de um bom texto. 



segunda-feira, 28 de julho de 2014

ACENTUAÇÃO GRÁFICA

São acentuadas:

Monossílabas terminadas em o, e, a:

Ex.: Pó, pé, pá, ré, cá, lá, fé, dá, má, só, tá, dó, nó...

Oxítonas terminadas em o, e, a e em:

Ex.: Forró, acarajé, Guamaré, dominó, cafundó, cafuné, patuá, também, amém, porém, contém, harém, ninguém, alguém, refém...

Paroxítonas terminadas em l, n(s), r, x, ps, us, is:

Ex.: Nível, níquel, portátil, réptil, álcool, fóssil, próton, elétron, nêutron, cátion, ânion, revólver, repórter, caráter, fêmur, néctar, flúor, tórax, fênix, Félix, látex, bíceps, fórceps, bônus, tênis, pênis, Clóvis, Régis...

Todas as Proparoxítonas

Ex.: Velocímetro, mínimo, máximo, nódulo, crítica, cômico, página, música, sílaba, ônibus...

Paroxítonas terminadas em ditongo

Ex.: Hélio, cenário, memória, Célia, Mário, Flávio, Lúcia, médio, ambulância, negócio...

Hiatos

Ex.: Saída, saúde, ruína, suína, juízes, raízes, países, uísque, faísca, sanduíche...

Observação: juiz e raiz não recebem acento por serem oxítonas terminadas em z.

Ditongos nasais:

Ex.: Órgão, órfão, sótão, bênção...






domingo, 27 de julho de 2014

O CASAMENTO (TEXTO DE ADÉLIA PRADO)

Há mulheres que dizem:
Meu marido, se quiser pescar, pesque,
mas que limpe os peixes.
Eu não. A qualquer hora da noite me levanto,
ajudo a escamar, abrir, retalhar e salgar.
É tão bom, só a gente sozinhos na cozinha,
de vez em quando os cotovelos se esbarram,
ele fala coisas como "este foi difícil"
"prateou no ar dando rabanadas"
e faz o gesto com a mão.
O silêncio de quando nos vimos a primeira vez
atravessa a cozinha como um rio profundo.
Por fim, os peixes na travessa,
vamos dormir.
Coisas prateadas espocam:
somos noivo e noiva.

(Adélia Prado. Poesia reunida. São Paulo: Siciliano, 1991.)

SOBRENOME BLUM

É sobrenome de origem judaica. Significa flor. Portanto, também existe nas seguintes formas em inglês e português: Bloom, Flor, Flôr, Flores.

sábado, 26 de julho de 2014

26 DE JULHO - DIA DOS AVÓS

(Foto compartilhada do Google)

Eu fui criada por meus avós. Conheço bem esta realidade. É sinônimo de superproteção, cuidado, zelo e dedicação ao extremo. Sabe por quê? Porque quando a pessoa é mãe ou pai, e “tem uma reca” de filhos, não dá tempo de dar atenção a todos como gostaria.  

No meu caso, a minha avó paterna me pegou para encaminhar na vida com 20 dias de nascida, depois de haver criado 9 filhos, ter tido dois abortos e dois morreram ainda bebês. Então, depositou todo o carinho que estava acumulado de anos e anos, pois os filhos saíram cedo de casa para estudar e casar. Eu fui privilegiada por desfrutar por mais tempo, e principalmente, quando mais precisei me desenvolver como pessoa e profissional.

Quais são os cuidados exagerados? Minha mãe-avó dizia:_ Não suba em árvore. Não vá nadar. Cuidado, o mar não tem cabelo. Saia do sol. Saia da chuva. Saia do vento. Calce o chinelo. Vista um agasalho. Não coma isso, não coma aquilo.

Coração dos avós é de compreensão, perdão, doação, aceitação. A minha adivinha até meus pensamentos. Está pronta a me defender com unhas e dentes.

Uma frase diz que em casa de avó tudo é possível, por exemplo: comer suspiro, beijinho de coco, brigadeiro, tomar refrigerante, tomar sorvete, comer biscoito recheado, quebrar a dieta. Quem é que não gosta desse afago? Sem contar que alguns avós têm as balinhas já guardadas só esperando chegarem.

O avô se deita no chão para rolar com os netos, após se aposentar, e assim vai corujando com cada neto que chega. E a babação fica completa se homenagearem avô e avó colocando o nome deles nos netos. 

Onde é que os avós erram? Quando enchem os netos de direitos e não cobram os deveres. Ou então, fazem o papel que deveria ser deles, negando-lhes a responsabilidade.

Nós sabemos que tudo que fazem é com a melhor das intenções, porém, devem exigir mais do que facilitar a vida do outro.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

25 DE JULHO - DIA NACIONAL DO ESCRITOR

Hoje é comemorado o dia do escritor. Eu faço parte dessa história, desse universo, mas infelizmente, muitos brasileiros conhecem mais os ídolos do esporte e menos escritores desses que se despediram recentemente da Academia Brasileira de Letras. É lamentável! Por falar nisso, quem tiver interesse em adquirir meu livro, agende um contato em sua escola.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

HOMENAGEM PÓSTUMA AO ESCRITOR ARIANO SUASSUNA - O NORDESTE: GRANDE CELEIRO CULTURAL


(Foto compartilhada do Google)

Tenham mais respeito com o meu Nordeste. Aqui produzimos escritores, folcloristas, políticos, humoristas, cantores, atores, atrizes e mais artistas e profissionais que são conhecidos a nível nacional e internacionalmente. Eis alguns deles: Ariano Suassuna, Luís da Câmara Cascudo, Auta de Souza, Nísia Floresta, João Cabral de Melo Neto, Jorge Amado, Paulo Freire, Patativa do Assaré, João Café Filho, Luís Inácio Lula da Silva, Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Elba Ramalho, Zé Ramalho, Alceu Valença, Fagner, Chico César, Chico Anísio, Renato Aragão, Tom Cavalcante, Reginaldo Rossi, Roberta Miranda, Titina Medeiros, Tiririca.

Outros talentos existem no anonimato.

A imagem que a mídia passa do nordeste é só de seca e miséria. Mas, já se foi esse tempo; apesar de haver carência, na diversidade cultural o nordeste não deixa a desejar, além das belezas naturais, culinária regional e clima atrativos.

O nordestino é um povo acolhedor, hospitaleiro, sonhador. Temos talentos para indicarmos ganhadores de Prêmios até a nível de Nobel, mas infelizmente, o nordeste fica esquecido.







terça-feira, 22 de julho de 2014

NOTÍCIA TRISTE SOBRE O ESTADO DE SAÚDE DO ESCRITOR ARIANO SUASSUNA



O renomado escritor brasileiro, Ariano Suassuna, 87 anos, encontra-se hospitalizado no Hospital Português em Recife, em consequência de um Acidente Vascular Cerebral-AVC hemorrágico. O fato aconteceu ontem, dia 21 de julho. Segundo a mídia, encontrava-se em coma na tarde de hoje, após ser submetido a uma cirurgia.

Paraibano, residente em Recife, procurou divulgar os costumes do homem nordestino em sua obra, valorizando e preservando nossa cultura.

Autor de muitos trabalhos, entre eles, O Auto da Compadecida, peça transformada em filme.

Ele estava agendado para ser um dos participantes da Feira Literária-FLIPIPA, a ser realizada no período de 7 a 9 de agosto de 2014.

Gostaria de receber boas notícias acerca da sua melhora, pois admiro e venho acompanhando sua garra em defender o que é nosso, a nossa gente. 

Sou nordestina, tenho muita fé em Deus. Desejo de coração que todo amor dedicado por ele à região nordeste seja revertido em saúde, em tranquilidade, numa feliz recuperação. 






segunda-feira, 21 de julho de 2014

ALGUMAS DATAS COMEMORADAS NO BRASIL

Dia de Corpus Christi - 60 dias após a Páscoa
Dia do Professor - 15 de outubro
Dia do Estudante - 11 de agosto
Dia do Amigo - 20 de julho
Dia da Sogra - 28 de abril
Dia da Criança - 12 de outubro
Dia dos Avós - 26 de julho
Dia Internacional da Mulher - 8 de março
Dia Internacional do Homem - 15 de julho
Dia das Mães - 2º domingo de maio
Dia dos Pais - 2º domingo de agosto
Dia do Irmão - 05 de setembro
Dia do Primo - 10 de julho
Dia da Família - 8 de dezembro
Dia da Tia - 21 de setembro
Dia dos Sobrinhos - 10 de abril
Dia Mundial do Pastor - 31 de outubro e no Brasil também é comemorado no 2º domingo de junho
Dia do Padre - 4 de agosto
Dia do escritor - 25 de julho
Dia do Médico - 18 de outubro
Dia da Empregada Doméstica - 27 de abril
Dia do Engenheiro - 11 de dezembro
Dia do Dentista - 03 de outubro
Dia do Assistente Social - 15 de maio
Dia do Carteiro - 25 de janeiro
Dia do Comerciário - 30 de outubro
Dia do Funcionário Público - 28 de outubro
Dia do Soldado - 25 de agosto
Dia do Farmacêutico - 20 de janeiro
Dia do Gari - 16 de maio
Dia do Bancário - 28 de agosto
Dia do Bibliotecário - 12 de março
Dia do Psicólogo - 27 de agosto
Dia do Motorista - 25 de julho
Dia da Enfermeira - 12 de maio
Dia do Técnico de Enfermagem - 20 de maio
Dia da Nutricionista - 31 de agosto
Dia do Índio - 19 de abril
Dia do Livro - 29 de outubro
Dia da Bíblia - 30 de setembro
Dia da Árvore - 21 de setembro
Dia do Jornalista - 7 de abril
Dia do Advogado - 11 de agosto
Dia do Animal - 4 de outubro
Dia do Trabalhador - 1º de maio
Dia da Consciência Negra - 20 de novembro
Dia do Jardineiro - 15 de dezembro
Dia do Pintor - 18 de outubro
Dia da Secretária - 30 de setembro
Dia do Bombeiro - 02 de julho
Dia da Recepcionista - 26 de julho
Dia do Coveiro - 1º de novembro
Dia do Aviador - 23 de outubro
Dia dos Namorados - 12 de junho
Dia do Palhaço - 10 de dezembro
Dia do Circo - 27 de março
Dia do Radialista - 21 de setembro e 07 de novembro
Dia do Sexo - 06 de setembro
Dia do Encanador, do Cantor, do Idoso, da Doação de Órgãos, do Turismólogo - 27 de setembro
Dia do Agricultor - 28 de julho
Dia Internacional da Fotografia - 19 de agosto
Dia do Beijo - 13 de abril

domingo, 20 de julho de 2014

GUAMARÉ: MINHA PÁTRIA

Aqui foi onde pela primeira vez, falei, andei, li, escrevi, brinquei de roda, nadei, cantei, orei o Pai Nosso, fiz amizades. Também fui à festa de aniversário, tempo bom! Era servido bolo, biscoito, guaraná, doce goiabada e pipoca feita em casa. Eu era feliz e não sabia, nada sofisticado. Sem falar que era raro tirar uma foto. Que tristeza!

Só fui conhecer brigadeiro, beijinho de coco, pão-de-queijo aos 13 anos. Foi também onde vi gato, cachorro, garça... ouvi rádio, assisti televisão, tive sarampo e catapora, vi palhaço das pernas de pau, feira, cacimba...

Passei 8 anos, depois mudamos de interior. Foi o suficiente para eu formar meu banco de dados na memória, e agora poder transpor para o papel e para o computador.

Retornei após 32 anos, já casada e com um filho. Estava nos meus planos criá-lo em contato com a natureza. Infelizmente, este não é mais aquele interior da minha infância. O lugar pacato agora é barulhento, com paredões.

Vinha sempre aqui, porém, tive um choque quando cheguei. Procurei as casas de palha, de taipa, as salinas, o manguezal. Algumas coisas estão diferentes, outras não existem mais. 

Aos poucos os idosos estão se mudando; dessa vez para a eternidade, restando grandes recordações.

Mas, tudo mudou em função do petróleo: o cenário, a rotina, quantas vidas começaram ou terminaram por causa dessa riqueza encontrada em nosso solo! Há bênção em cada canto, no mar ou em terra, por meio da pesca, do sal e do petróleo.

Uma coisa eu peço: nunca mexam no cemitério. É o lugar que guarda mais histórias, a história que vi de perto sem precisar me contarem. A história que nunca se saberá, porque não divulgaram. Suas lápides, suas ruas, sua areia, os sobrenomes. Tudo isso é a Guamaré de ontem e de hoje.

Aqui é a minha pátria, lugar onde me sinto bem.

sábado, 19 de julho de 2014

A ANDORINHA E OS PÁSSAROS

Nos primeiros dias da estação de caça, a andorinha sentiu o perigo que rondava seus irmãos. Convocou então os pássaros para uma assembleia e aconselhou-os a arrancar dos carvalhos as parasitas viscosas. E acrescentou:

_ Se vocês não conseguirem fazer isso, vão até os homens e peçam-lhes para não recorrer ao visco para nos pegar.

Os pássaros riram, achando que a andorinha não estava bem do juízo. Ela, por seu lado, foi até os homens e pediu-lhes clemência. Eles a acolheram por vê-la tão inteligente e deram-lhe abrigo. A andorinha encontrou refúgio e proteção entre eles. Já os outros pássaros foram pegos e serviram de alimento para os homens,

Moral da fábula: Quem sabe prever os perigos consegue se safar melhor.


(Esopo. Fábulas de Esopo. Porto Alegre. L&PM.1997. p. 81.) IN: CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. 7.ed. reform. São Paulo: Saraiva, 2010.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

CONVITE




Teremos na cidade uma equipe de Pastores e Missionários. Está vindo de toda parte do Brasil orar por nossa cidade. Ficará sob a responsabilidade local do Pr. Dijailso Ferraz,

São homens e mulheres de Deus chegando para falar do Amor em Cristo.

Sexta, sábado e domingo, às 19 h

Contamos com sua presença.

VAMOS DESCOMPLICAR O INGLÊS!

Aos 12 anos estudei inglês no interior, isso já faz 36 anos, e eu muito tímida, tinha vergonha na aula de conversação por observar a diferença entre a pronúncia do inglês britânico e do norte-americano.  Em consequência disso, não aproveitei o suficiente para praticar, então me acomodei em traduzir as palavras, porém retomei o inglês com a maturidade de hoje e vejo com outro olhar.

Continuei estudando na escola, na universidade e com a base desses anos todos, tenho testado o que aprendi, acabei arranjando um meio de me sentir à vontade com esse idioma e resultou no que irei expor a partir de agora. Espero que sirva para deixar os alunos mais familiarizados com o inglês, que por sua vez se torna até mais interessante devido às facilidades de terem mais acesso à língua inglesa, não apenas na escola, mas no dia a dia nas propagandas, nas legendas dos filmes, nos produtos industrializados etc.

Vejamos algumas dicas:
Estude com música de olho na letra para observar a escrita e exercitar a memorização;
Grave a pronúncia, escute, repita sucessivas vezes;
Procure falar tudo em inglês;

"OO" com som de "U"
Ex.: School, pool, poor, book, shampoo, food, foot, look, good, yahoo, cooker...

"O" com som de "A"
Ex.: Now, down, flower, power, cowboy, body...

"O" com som de "O"
Ex.: Coffee, cotton, college, pop, voice, love, rock, dog, shopping, toys...

"O" com som de "Ô"
Ex.: Rose, post, work, word, world, over, ghost, slogan, volley...

"OUT" com som de "AU"
Ex.: About, mouse, house, layout, playground ...

"EE" com som de "I"
Ex.: Free, feet, street, sleep, beef, see, need, week, pedigree...

"EE" com som de "IN"
Ex.: Halloween, screen, between, been, teen, queen...

"E" com som de "E"
Ex.: Red, leg, pet, help, test, yes, left...

"E" COM SOM DE "I"
Ex.: Complete, read, few, new, secret...

"I" com som de "AI"
Ex.: Ice, life, five, time, nice, drive, write, fine, fire, wife, exercise, paradise, diet, light, site, like, surprise, silence...

"I" com som de "I"
Ex.: Milk, live, spirit, kiss, pig, big, hill...

"A" com som de "A"
Ex.: Car, park, star, garden...

"A" com som de "EI"
Ex: Name, face, place, page, table, paper, plane, lady, mail, famous, play, say, day, spray, today, age...

"A" com som de "E"
Ex.: Flat, glass, air, vocabulary, practice, cash, fast, factory, cat, bag, fashion...

"A" com som de "EN"
Ex.: Language, many, family, dance, can...

"A" com som de "O"
E,: Call, mall, ball, hall, tall, was, water, walk...

"H" com som de "R"
Ex.: Hi, hello, hip hop, happy, here, hand, hard, horse, heart, hair, help, hope, his, her, hall, hot, house, Hollywood, husband...

"DLE, GLE, PLE no final da palavra possui som de "O"
Ex.:  Bible, poodle, google, apple, people, moodle, jingle...

"Y" com som de "AI"
Ex.: Sky, fly, Byron, cry...

"Y" no final de algumas palavras: som de proparoxítonas.
Ex.: Memory, infinity, galaxy, Hillary, Tifany, history, gallery, every, technology, energy...

"X" com som de "ECS"
Ex.: Extremely, exercise, example, text, exam...

"EA" com som de "I"
Ex.: Leader, peace, please, beach, speak, sea...


"U" com som de "A"
Ex.: Husband, much...

"U" com som de "U"
Ex.: Bullying...

"U" com som de "I"
Ex.: Computers, music, student...

"U" como prefixo possui som de "AN"
Ex.: Understand, underline, unhealthy, unlike ...

"T" no final das palavras: som de paroxítona.
Ex.: Correct, moment, prevent, trident, talent...

"G" no final das palavras é mudo.
Ex.: Strong, spring, anything, something, thing, Sting, everything...

"TH" com som de "D"
Ex.: The, they, them, this, these, that, those, than...



SUGESTÃO DE LEITURA

ESTOU SEMPRE MUDANDO

GILL, Bob; REID, Alastair. Estou sempre mudando. Trad. Luciana Garcia. São Paulo: Martins Fontes, 2009. Título: Continuo a cambiare.

A 1ª edição foi nos Estados Unidos, em 1971. Trata de sensações rotineiras próprias do período de transição infantojuvenil. Podemos deixar a criança ciente que pode variar de comportamento, de ideia, como diz o título, em várias fases da vida.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

ESCOLA ESTADUAL MONSENHOR JOAQUIM HONÓRIO-GUAMARÉ/RN

Agora é a vez de elogiar o Projeto da Escola Estadual Monsenhor Joaquim Honório. Alunos talentosos trabalharam intensamente durante um mês com pesquisa e parte prática, realizando a culminância, ontem e hoje (15 e 16/07/14).

Houve apresentação cultural de alunos(as) com danças típicas e música, além de show humorístico com Kaio Freitas, cearense, aluno da referida escola. Também houve exposição de trabalhos com o tema Futebol e Sustentabilidade, permitindo a construção do saber coletivo em turmas do Fundamental Anos finais e Médio nas diversas disciplinas. 

Outras ações: fizeram várias maquetes das arenas, cartazes contando a história de todas as Copas já realizadas; montaram um estúdio e a TV Escola Monsenhor Honório.




IMG_0681


 



 

CRIATIVIDADE, ATRAÇÃO CULTURAL, TRABALHOS BELÍSSIMOS DOS ALUNOS DA ESCOLA MUNICIPAL BENVINDA NUNES TEIXEIRA-GUAMARÉ/RN E SATISFAÇÃO EM DOBRO PARA OS PROFESSORES - PARABÉNS A TODOS!

















CRIANÇA: GENTE QUE FAZ. (A turma do 4º ano da Professora Josélia trabalhou os países da América do Sul com o tema diversidade cultural, por isso, alguns alunos dançaram o tango, e através de uma encenação mostraram que no Equador as debutantes comemoram a passagem da idade usando vestido cor de rosa e sapato salto alto pela primeira vez, colocado por seu pai.)