sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

RECEITA DE OLHAR (POEMA DE ROSEANA MURRAY)

nas primeiras horas da manhã
desamarre o olhar
deixe que se derrame
sobre todas as coisas belas
o mundo é sempre novo
e a terra dança e acorda 
em acordes de sol

faça do seu olhar imensa caravela

      
MURRAY, Roseana. Receita de olhar. São Paulo, FTD, 1997. p. 44.                                              

8 comentários:

joelcardosos disse...

Reseana é uma grande poeta... Tem, além do talento natural como ser iluminado da palavra, uma forma de expressão que nos contagia de imediato, pela cadência do verso, pelo inusitado do discurso, pela familiaridade dos temas que, revistos por ela, ganham o estranhamento e o distanciamento necessários para a apreciação textual... Amo Roseana...

Anônimo disse...

eu queria saber o que ela quer dizer com derrame o olhar ????????????]

Karol Anne disse...

1)Quantas estrofes há no poema?

Karol Anne disse...

Quantas estrofes há no poema?

Karol Anne disse...

Quantos verso o poema é formado???

Karol Anne disse...

A rimas no poema???

Unknown disse...

Como trasformo esse poema em prosa ?

Samara disse...

Transformar o poema em prosa é passar da estrutura de verso para um texto com parágrafos, fazendo uma intertextualidade. É só usar elementos coesivos e produzir de forma narrativa, descritiva ou argumentativa.